Archive for the 'Desenvolvimento' Category

Bolsa Família aquece a economia do Nordeste

Uma das principais consequências da entrada das classes D e E no mercado consumidor é a movimentação da economia. Esse aquecimento é visto, principalmente, no Norte e Nordeste do país. Só para o Nordeste, em 2008, foram transferidos pelo Bolsa Família R$ 5,6 bilhões – mais da metade da verba do programa.

Com mais renda, os moradores do Nordeste têm ido às compras. Não à toa, a região é o maior foco do mercado de consumo. É responsável por 19,6% do faturamento nacional dos supermercados, contra 19,4% da região Sul.

Alagoas é um dos retratos do sucesso do programa. Segundo um estudo realizado pelo professor Cícero Péricles, da Faculdade de Economia da Universidade Federal de Alagoas, um terço do Produto Interno Bruto (PIB) alagoano (cerca de R$ 4 bilhões dum total de R$ 12 bi) venham do Bolsa Família.

Diminui a desigualdade social no país

O Bolsa Família contribui para operar uma mudança em curso no país: as desigualdades sociais estão diminuindo.

Segundo Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), mais famílias estão indo para a classe C. Ao mesmo tempo, tem mais gente deixando a classe D – ou seja, melhorando de vida.

De acordo com o estudo, em 2007 o percentual de brasileiros na classe C era de 51,89% e, em 2008, passou para 53,81%.

No mesmo período a classe D encolheu: passou de 32,59% para 30,86% da população.

É o maior programa de transferência de renda condicionada do mundo mudando a realidade social do Brasil.

Bolsa Família: renda para os mais pobres

Você sabia que o Bolsa Família é considerado hoje o maior programa de transferência de renda condicionada do mundo? Criado em 2003, para tornar mais eficiente e controlada a aplicação da verba destinada às ações sociais, o Bolsa Família unificou o Bolsa Escola, o Bolsa Alimentação, o Auxílio Gás e o Cartão Alimentação em um projeto único.

De sua criação até hoje, o programa atende cerca de 12 milhões de famílias em todo o país, gerando renda para os mais pobres, incrementando a economia de pequenas comunidades e criando oportunidades para milhões de brasileiros.

As famílias com renda mensal de até R$ 137 por pessoa podem ser incluídas no programa. O Bolsa Família seleciona os beneficiários por meio de informações do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Quem insere as informações são os municípios.


Mais Brasil no Twitter

Categorias

Fotos Flickr